koh chang.

Data da viagem: 13 de fevereiro – 20 de fevereiro de 2017

Koh Chang, ou Ilha dos Elefantes, fica bem perto da fronteira da Tailândia com o Comboja. De Bangkok dá para pegar um ônibus noturno para Laem Ngop que demora por volta de 5 ou 6 horas. Este ônibus sai da estação de ônibus de Ekamai e é muito importante lembrar de não cair na pegadinha (não quero chamar de golpe, mas é como se fosse um golpe) de comprar o barco com a empresa de ônibus em Bangkok porque eles vão te cobrar de novo. Quando o ônibus chegar em Laem Ngop, vários carros vão chegar oferecendo transporte para o porto. Tente se juntar com outros passageiros para baixar o preço. Chegando no porto, alguém estará vendendo a passagem de barco que inclui uma van até o seu hotel. A volta para Bangkok pode ser feita de minivan ou de ônibus e dá para comprar e negociar em diferentes agências de viagem. De minivan sai mais barato chegando até a 300 baht.

Koh Chang é cheia de elefantes e ditos santuários, mas não se engane: não há sequer um lugar que trate bem estes animais ou que sequer se assemelhe a um santuário. Todos os centros deixam os elefantes acorrentados o dia todo no calor, muitas vezes com a pesada sela. É horrível ver bebês presos tentando se movimentar e todos os elefantes com tiques se balançando de um lado para o outro sem água. Não se deixe enganar pelas propagandas enganosas; muitos destes lugares dizem estar salvando elefantes de uma vida de trabalho no campo, quando talvez a vida que eles têm em Koh Chang seja muito pior. Portanto, não faça passeios de elefante ou contribua para esta parte triste do turismo em Koh Chang. Há vários passeios de barco legais para se fazer a partir de 400 Baht. Vale muito mais a pena.

Em Koh Chang dá para escolher entre diferentes estilos de vila. A costa oeste é onde ficam as praias e White Sand é a vila mais desenvolvida com mais comércio e mais próxima do ferry. Kae Bae é bem bonita, porém com uma micro faixa de areia e é frequentada mais pela faixa dos 30 a 40 anos. Kae Bae tem bastante comércio e várias agências de viagem enquanto a vizinha Klong Prao tem menos comércio, mas uma praia mais bonita com mais areia e restaurantes sofisticados. Difícil escolher entre as duas. O ideal mesmo talvez seria ficar entre elas. Uma outra praia famosa é Lonely Beach. Não é o ideal em termos de praia, mas tem uns bares mais jovens sendo tomada pelo pessoal mais alternativo na faixa dos 20 anos.

Uma trilha fácil de se fazer é para a cachoeira Khlong Phlu. Tem que pagar entrada (200 Baht), mas vale a pena. É uma delícia para relaxar. Depois da guarita a caminhada é simples e dura mais ou menos meia hora. Mas lembre-se de ir cedo porque eles fecham às 16:30.

Outra atividade legal é fazer um curso de culinária tailandesa. Dá para contratar em qualquer agência e custa em torno de 800 Baht incluindo transporte. Uma boa dica é fazer o curso com menos pratos porque já ali come-se MUITO. No final você ainda ganha um livrinho de receitas e certificado. A escola que eu usei foi a Napalai.

Achei Koh Chang muito legal para mergulho, mas também acho que qualquer lugar na Tailândia é demais. Fiz cinco mergulhos e o melhor de todos foi no naufrágio do HTMS Chang e os mais bobos (que não deixa de ser lindo também) foram em Ko Haa Yai.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s