banlung.

Data da viagem: 07 de julho – 10 de julho de 2014
mercado de banlung.Banlung é a capital da província de Ratanakiri, mas não tem quem diga. A cidade é micra e mesmo sendo a cidade cambojana mais próxima da fronteira do Vietnã nessa região, quase ninguém fala inglês. Bem diferente do resto do Camboja onde todo mundo já aprendeu inglês para expandir mais o turismo. Banlung não está ainda bem preparada para o turismo, mas está no caminho. Isso pode ser bom porque ir lá agora significa aproveitar a área antes que todo mundo vá pra lá e vários hotéis sejam construídos e tudo fique mais caro. Por enquanto quase nada foi dolarizado na cidade.

Tem um albergue bem legal na cidade chamado Tree Top Ecolodge. E lá tem wifi. Para marcar passeios vale a pena fazer lá que é confiável e em conta. Pela cidade há uns postos que vendem passeios e o transporte para o Vietnã (U$12 no Tree Top e eles te esperam atravessar pro Vietnã e te levam pra outro transporte que leva a Pleiku), mas os preços mais justos e serviços mais confiáveis estão no Treet Top. No entanto, as hospedagens mais baratas são as usadas pelos locais na rua principal da cidade. Por noite dá para pagar U$6 numa suíte com TV e duas camas.

O mercado da cidade tanto de manhã como de noite é uma loucura. Imperdível. Totalmente diferente dos outros mercados das grandes cidades do Camboja. Em Banlung ainda tem carne de cachorro e os insetos fritos não são para impressionar turistas, é normal. E várias frutas e doces deliciosos. Vale provar de tudo. Incrível e muito barato.

Para ir nas atrações ao redor do centro vale alugar uma bicicleta ou scooter. A scooter sai por 12.000 rands, bem em conta. Há também mototáxis, mas às vezes o esforço de ter que ficar ali negociando não vale a pena. São diversas cachoeiras para visitar. As melhores trilhas pela floresta duram pelo menos três dias. O ideal é juntar-se a um grupo para o ratear o valor do guia. O ponto que é imperdível e relativamente perto do centro é o lago-cratera Yeak Loam. Todas essas cachoeiras e lagos tem que pagar entrada que é diferente para locais e para estrangeiros. Justo. Yeak Loam custa 6000 rands para entrar.

banlung

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s