pirenópolis.

Data da viagem: 22 de maio – 23 de maio de 2010

Pirenópolis é a cidade-refúgio dos brasilienses (fica a apenas 150km da capital federal e a 80km de Goiânia) e local onde é realizada a Festa do Divino que tem no seu auge a apresentação das famosas Cavalhadas num estádio construído para o momento. A Festa do Divino é a maior festa de expressão católica no Brasil e momento onde a cidade ganha maior visibilidade nacional. Mais informações sobre este evento anual no site oficial da cidade. Nos dias que cercam às Cavalhadas a cidade fica repleta de pessoas com fantasias muito elaboradas, muitas delas montadas à cavalos igualmente produzidos.

Porém Pirenópolis é muito mais que apenas a Festa do Divino. À noite, principalmente nos fins de semana e feriados, os bares ficam cheios e as ruas apinhadas de gente animada. Durante o dia é possível aproveitar as várias cachoeiras da cidade, cada uma mais bonita que a outra e muitas ainda desertas. Há ainda a opção de subir o Morro dos Pirineus (por volta de R$50 o trecho) e ter uma vista privilegiada de Brasília à noite.

Com cerca de 200 pousadas, Piri (como é conhecida na região) ainda não tem nenhum albergue. A pousada Aquarela (62-33313303) no entanto oferece preços compatíveis com o bolso mochileiro com diárias a partir de R$30. Há um Banco do Brasil, um Itaú e um Bradesco na cidade, além de uma casa lotérica, sendo, portanto possível realizar saques de contas da Caixa Econômica.

Todo o transporte público interno em Pirenópolis é feito a partir de mototáxis, disponíveis por R$3,00 dentro da cidade e com preços a combinar para as atrações periféricas. Por exemplo, para o circuito de seis cachoeiras na fazenda Bom Sucesso (entrada R$10) o trecho sai por R$6. A cachoeira do Abade, como é conhecido o circuito de três cachoeiras na fazenda do Abade, custa R$13 a entrada para adultos e 5 para crianças. A estrutura da fazenda é ótima e eles oferecem também atividades como rapel nas cachoeiras.

Para chegar na cidade, a melhor maneira é alugar um carro principalmente porque as atrações naturais são distantes do Centro e desta forma muito seria economizado em transporte público, além do tempo reduzido de viagem (2 horas de carro desde Brasília) e a maior mobilidade de horários, já que só existe uma companhia de ônibus que faz o trajeto desde Brasília e Goiânia. A outra opção seria tomar um ônibus da Viação Goianésia que sai da estação ferro-rodoviária de Brasília (3 horas de viagem em ônibus) ou um ônibus da mesma companhia desde Goiânia.

Anúncios

Uma resposta para “pirenópolis.

  1. Trabalho com turismo , e a cada dia fico supreendido com lindas cidades do nosso Brasil. Parabens por este post maravilhoso. Estarei sempre por aqui. Att Samuel.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s