victoria falls.

Data da viagem: 07 de janeiro – 09 de janeiro de 2008

Zimbábue é um lugar ainda muito complicado, mas em Victoria Falls a situação é muito mais amena. Lá você terá muita dificuldade em comprar comida e a inflação é a pior do mundo. Caso tenha que despachar sua mala de qualquer jeito, leve mudas de roupa e coisas essenciais na bagagem de mão porque metade das malas se perdem no caminho misteriosamente.

O visto para nós brasileiros é comprado na entrada do país por 30 dólares americanos e fora isso, todo preço de qualquer coisa é negociável. O aeroporto fica meio longe da cidade, então você terá que tomar um táxi mesmo que sai mais ou menos pelo preço do visto. Ah, não se dê o trabalho de trocar seus dólares aqui porque senão você vai ter que andar com uma mala de dinheiro para comprar um simples sanduiche (isso se tiver sanduiche na lanchonete).

O clima da cidade é muito legal, eu nunca tinha visto nada assim. Babuínos pulam de telhado em telhado e roubam sacolas de papel da sua mão. À noite parecem monstros de olhos vermelhos que vivem nos telhados. Assustador. E dependendo da época do ano é possível cruzar com elefantes na rua… O Zimbábue tem mais elefantes do que pessoas brancas e hoje existe uma política para diminuir sua população.

No centro você vai ver muitas lojas falidas, supermercados de prateleiras vazias, preços astronômicos (quando eu fui uma lata de molho de tomate custava 10 dólares americanos) e nada de pão porque não se produz mais no país. Também poderá ver diversas agências de viagem, todas vendendo os mesmos passeios pelo mesmo preço. É possível fazer várias combinações de passeios e cada uma tem um preço diferente, mas os principais passeios são: bungee jump, tirolesa, safari de elefante (você montado no elefante), rafting, passeio de helicóptero, experiência com leões, entre outros. O safari de elefante é meio pobre porque quase não tem mais bichos no Zimbábue (eles ou fugiram ou foram comidos) além de outros elefantes, mas vale a pena porque você tem a chance de andar de elefante, o que é muito legal! Depois do passeio você pode tirar fotos também fazendo carinho em sua montaria, aquela coisa toda. Agora o rafting é IMPERDÍVEL! Primeiro de tudo que é no Zambezi River, o rio mais perigoso do mundo, segundo que é realmente o máximo, uma das paisagens mais lindas que já vi! É bom demais mesmo, algo que não se traduz em imagens, tem que ir lá!!!! E é seguro porque te uns caiaques de segurança que vão seguindo os botes para salvar alguém que possa cair (tipo eu) e muita gente cai já que é a corredeira mais difícil do planeta, né.

No final tem uma trilhinha pesadinha para subir uma encosta carregando os remos, mas é fazível. Aqui tudo vale a pena! Outra coisa boa é que tanto no passeio de elefante quanto no rafting tem almoço no final, o que é ótimo porque você não vai precisar lutar para encontrar o que comer na cidade.

Fora estes passeios, existe o Parque Nacional. Ele está muito abandonado, denro não há serviço algum e a entrada é uma facada de vinte dólares americanos. De lá é possível ver as cataratas de maior volume d’água do mundo de pertinho. Vale a pena neste sentido. Outra vista legal é da ponte que faz fronteira com a Zambia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s