oudtshoorn.

Data da viagem: 1 de janeiro – 2 de janeiro de 2008

Para mim, Oudtshoorn é a cidade mais legal da Garden Route. De Cape Town para lá de carro são quase 500km. No caminho existem áreas de piquenique, lojas de conveniência e restaurantes. Isso se você for de carro. Outra opção é tomar o melhor transporte para mochileiros que eu já vi e que percorre várias cidades de interesse na África do Sul, o Baz Bus (www.bazbus.com).

Existem várias opções de albergue na cidade e ela é bem pequena, então a maior parte das coisas se pode ir à pé mesmo ou então de táxi, que também não é caro. Acho que dois dias inteiros lá seria o ideal, mas dá para fazer tudo num dia só, que foi o que eu fiz.

Na cidade existem muitas atividades e a mais famosa talvez seja as Cango Caves, uma coleção de cavernas bem bonita que tem 20 milhões de anos. Vale a pena tomar o tour lá.

A cidade tem muitas criações de avestruz e algumas fazendas oferecem atividades para os turistas. Eu curti muito a Cango Ostrich Farm que cria os animais para a venda de ovos (um ovo equivale a 26 ovos de galinha) , carne e couro (o de avestruz é o segundo couro mais resistente do mundo). Um guia faz uma introdução teórica aos visitantes contando algumas curiosidades biológicas e de manejo e depois segue para o lado de fora onde os turistas podem alimentar os animais, ver os filhotes, aquela coisa toda. As avestruzes são animais muito rápidos, então é claro que existe a corrida de avestruz. O interessante é que esta corrida é montada! No final do passeio quem tiver menos de 70 quilos e coragem, pode dar uma voltinha. É MUITO gostoso! Tem um tour a cada 20 minutos e cada tour dura mais ou menos 45 minutos. A entrada sai a 50 rands. Vale a pena!

Outro lugar muito legal na cidade é o Cango Wild Life Ranch (www.cango.co.za). Lá é um centro de reabilitação e preservação de guepardos (ou cheetahs) e recentemente também começou a cuidar dos leões brancos. O lugar é ideal, o sonho de qualquer biólogo. Para os turistas eles fizeram um zoológico super legal e de acordo com normas de enriquecimento ambiental onde se pode ver vários animais. O guia vai explicando tudo e é super prestativo. O tour é bem dinâmico e interativo.

É possível pagar uma taxa de 200 rands e fazer um mergulho com um crocodilo (você vai dentro de uma jaula no tanque dele), mas esse achei meio bobo porque o crocodilo já sabe que você não é comida e fica meio que dormindo. Também dá para pagar 135 rands para entrar na jaula de um casal de guepardos e tocar neles. Esse sim é muito legal porque você entra de fato em contato com os animais. É um momento cheio de tensão e emoção. Pelo menos para mim foi. E o dinheiro vai direto para o instituto deles que protege estes animais. Eles chamam estas atividades de tocar nos bichos de “encontros” e existe também para bebês de tigre e guepardo e para répteis. A entrada do parque é 90 rands, mas nos albergues e na estrada têm uns folders onde você consegue um cupom para desconto neste e em vários outros lugares.

Anúncios

Uma resposta para “oudtshoorn.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s