torres del paine – W.

Data da viagem: 5 de fevereiro – 8 de fevereiro de 2009

A pessoa que disse que as trilhas do W são relativamente planas deve morar em Olinda.

Existem partes planas nas trilhas sim, mas a maior parte é de subidas e descidas. O tempo ideal para fazer o W todo com tranqüilidade, na minha opinião, são 5 dias inteiros. Aqui vou descrever o que acho que seria ideal e não necessariamente o que fiz.

É importante lembrar que, caso venha da Argentina, o melhor é trocar pesos chilenos lá mesmo que as casas de câmbio passem para dólar e depois para chilenos porque o câmbio na fronteira é uma piada de mau gosto. Leve dinheiro suficiente para a entrada do parque (15.000), ônibus para o primeiro refúgio (2.500), barco para ir embora e ônibus para Puerto Natales (8.000).

Acampando ou ficando nos refúgios leve sua própria comida, porque os preços são exorbitantes.  Nos dois casos (camping ou cama) RESERVE e leve saco de dormir, capa de chuva para o mochilão, corta vento e toalha. Para os campings livres, ou seja, os não vinculados à refúgios como o Campamento Italiano por exemplo, não é necessário fazer reserva. O tempo é loucono parque e às vezes pode cair um temporal seguido de 3 dias maravilhosos. Ah, e o vento lá é forte e muito frio. Na verdade a trilha não é fria, o grande vilão ali é o vento.

Só existem duas Hosterías (acomodações mega luxo top), uma no início (Las Torres) do W e outra no final dele meio para fora do percurso (Lago Grey).

Água potável está dispnível em todo o percurso então basta carregar uma garrafinha pequena e ir enchendo.

Dia 1 – Chegada no Parque. Pegue o mini-ônibus até Hosteria Las Torres. Caso você seja muito rico, fique na Hostería Las Torres com todo o conforto. Se este não é o seu caso, fique no refúgio Las Torres que é praticamente ao lado da Hostería ou siga a trilha em direção a primeira ponta do W, Mirador las Torres, e fique no Refúgio Chileno (uma subida pesadita até o Chileno de tipo 2h e 30min com mochila). O staff do Refúgio Chileno é super legal e deixa usar a cozinha fora dos horários de pico sem custos. As camas são boas e a vista é bem linda com a oportunidade de ver gaúchos de verdade. De lá até o Mirador Las Torres leva umas 2h cada perna e no final tem uma subida pelas pedras até chegar no mirante. Como escurece tarde, o ideal aqui é chegar lá em cima, comer e descansar um pouco e sair para o mirante logo, porque a trilha do dia seguinte será longa (+/- 13km em 6h saindo do Chileno).

Dia 2 – Rumo ao Refúgio Los Cuernos. Para mim este é o dia mais bonito da trilha. Vi cores que nunca tinha visto antes e a vista dos Cuernos (atrás de você na trilha) é muito fantástica mesmo. São 5h de trilha que não é muito bem marcada, então se você perceber qualquer sinal de que aquela é uma parte fechada da trilha, não insista: retorne e veja onde você errou o caminho, onde poderia haver uma bifurcação que você tomou o lado errado. Eu me perdi aí, torci o pé e totalmente não aconselho este sofrimento. Este é um dia bem tranquilo do W também, tem menos subidões e descidões. O Refúgio Los Cuernos é o pior de todos os refúgios. Tem pulgas, é sujinho e todo mundo fica lá porque é o único refúgio no meio do caminho. Ah, também paga-se para usar o fogãozito deles.

Dia 3 – O meio do W. Esta é a parte que eu não fiz porque realmente fica muito pesado fazê-la e seguir no mesmo dia para o Paine Grande. Aqui o ideal é deixar a mochila em Los Cuernos e seguir para o Mirador logo após o Campamento Británico e voltar para Los Cuernos para uma noite lá, porque este percurso é pesado e dura mais ou menos 5h e 30min por perna. Outra opção é deixar Los Cuernos com as mochilas e acampar no Campamento Italiano que é bem legalzinho e já fica a 5,5km (2h e 30min de caminhada) de Los Cuernos e é a intercessão para o mirador e para continuar a trilha no dia seguinte rumo ao próximo ponto.

Dia 4 – Paine Grande. Saindo de Los Cuernos dá mais ou menos 13km em 5h de caminhada (sem ir no ponto do meio do W) ou saindo Campamento Italiano 7,5km em mais ou menos 2 horas de prazer visual. Este dia é muito lindo, uma beleza de sonhos mesmo. Ao chegar no Refúgio Paine Grande você não vai acreditar que aquilo é de fato um refúgio com todo aquele espaço e limpeza. A construção é muito bonita e até a cozinha da área de acampar é fofa. Aí você encontra um mercadinho com baratos e caros (mais caros) e um bar com happy hour. Este é também o refúgio mais caro de todos, mas vale a pena sentir este gostinho de civilização e se dar a um pequeno luxo como este e tomar um banho delícia num banheiro limpinho. Passar o resto do dia aí também é aconselhável. Assim você pode descansar aos pés do lago Pehoé admirando a maravilhosa vista de Los Cuernos.

Dia 5 – Glaciar Grey. Muitos o consideram o ponto alto do W, mas eu não. Existe um refúgio próximo ao mirante dele, mas na minha opinião não vale a pena. O caminho e duro para carregar o mochilão e ainda mais uma barraca, sendo que no dia seguinte você terá que voltar todo ele. Vale mais a pena ir aproveitando o caminho leve nas costas e admirando a vista do glaciar que é mais bonita de longe do que de perto. No Refúgio Grey você também encontra um pequeno mercado e banheiros na área de acampar, mas o staff é rude. De Paine Grande até lá (a diferença do Refúgio Grey até o mirante é mínima, tipo 15 minutos) são umas 4h percorridas ao longo de 11km de subidas e descidas. Minha opinião é: saia cedo de Paine Grande sem mochila e volte a tempo de pegar o último barco para ir embora que sai às 18h. Lembre-se do corta vento para esta trilha, porque venta horrores no mirante e venta frio!

Sites úteis:

http://www.conaf.cl/ – regula os parques do Chile,tem informações sobre outros circuitos, áreas de camping, etc.

http://www.verticepatagonia.cl/ – responsável pelos refúgios Paine Grande e Grey.

http://www.wcircuit.com/ – site da empresa Fantastico Sur que é responsável pelos Refúgios Las Torres, El Chileno e Los Cuernos.

Anúncios

2 Respostas para “torres del paine – W.

  1. Ro!
    Quem me dera poder viajar assim…mas vou acompanhar as dicas!
    Dps ve aí no wordpress como faz pra colocar um link de RSS…assim consigo adicionar o seu blog.
    bjss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s